Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Não te quero perder

Segunda-feira, 22.06.09

Hoje é uma manhã

O dia de ontem rompeu as minhas amarras de alma.

Nos teus olhos nada me dizia:” tenho a calma.”

E eu ignorei, confiante.

Deste-me a vida

Com a ignorância fui buscar esperança

Pois eu devo-te isso

Viveste comigo a infância

Rodeaste e afastaste para a distância,

Muitas vezes abafaste o perigo.

 

Hoje quando te vejo,

Perco-me na emoção

As palavras que não se pronunciam

Afastam o medo da desilusão.

Sozinha, reflicto:” tiveste medo”.

E eu que quero afastar esse mesmo medo que sentiste,

Quero viver e sentir alívio.

Mas o medo…continua fechado em si mesmo dentro de mim

O medo de te perder

O medo que um dia seja o fim.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por ML às 00:00


3 comentários

De poeta vagabundo a 20.08.2009 às 11:35

amanhã...

beijo vagabundo

De poeta vagabundo a 21.08.2009 às 08:41

pois só o amanhã pode ser aquilo que tu desejas...que te preferes sentir...

desculpa ser sempre tão vago...

beijo vagabundo

De poeta vagabundo a 25.08.2009 às 09:15

o amanhã surge sempre...

beijo vagabundo

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2009

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930