Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

Domingo, 28.05.06
Às vezes tenho dúvidas terríveis… Não sei se faço as melhores opções, embora as pondere realisticamente…porque o meu coração pensa mais alto… Só o tempo o dirá…???

Autoria e outros dados (tags, etc)

EsToU CaNsAdA!!!

Domingo, 21.05.06

Apetecia-me parar a CLEPSIDRA e enfiar-me numa gruta onde ninguém me pudesse encontrar…ficar lá até me sentir embriagada com os odores venenosos…do prazer calmo…e aproveitar para PeNsAr nas pequenas GrAnDeS coisas que ocupam os meus DiAs!

Às vezes tudo parece tão InÚtIl!...

ML

Autoria e outros dados (tags, etc)

Errar...

Domingo, 14.05.06

Eu erro

Tu erras

Ele erra

Nós erramos

Vós errais

Eles erram

 

Se todos erramos, por que razão está o ERRO só em mim??

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

Por vezes sinto-me louca…

Domingo, 14.05.06

 

Por aproveitar as palavras que se soltam na brisa que me envolve.

 

Por procurar a magia dos sentidos,

Por arrebatar expressões que a todos comove!

E ficar nua!

Depois acabo o sonho…

As palavras soltam-se e não regressam…

Procuro-as para desfrutar de algum conforto,

Nem me ouvem…

Encerro novamente as palavras na minha mente,

Que sente…

E a minha loucura invade-me novamente,

Tenho de as imortalizar,

Para sempre!

Encerrá-las no fundo da minha recordação,

Torná-las paixão,

Para alguém que me entende!

 

ML

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A minha voz mistura-se no silêncio das tuas palavras

Domingo, 14.05.06

 

São incompatíveis…

 

A minha voz…todas as vozes,

Não pregam ao teu silêncio desentendido!

 

Acorda, ouve, fala!

Reage à calma e à brisa fria.

A minha voz não é um som que te embala…

É a verdadeira essência da tua fantasia!

 

Tu não amas, não reages,

Vives a módica satisfação do dia,

Não sonhas, não ages,

Nem aproveitas a magia…

 

ML

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

Quinta-feira, 11.05.06

Fala-me de amor…

 

Conta-me segredos escondidos nas profundezas da tua alma!

Leva-me a desbravar contigo os sonhos cruéis e os desejos infundados!

No mais fundo de mim, sei que não amas…

Conheço o mais fundo de ti!

Convences a tua consciência de que és capaz,

Mas o desejo torna-te impotente!

És um pássaro livre…

Num sonho triste!

 

Falas-me de amor…

 

Dizes que forças a vontade e a inutilidade,

Ultrapassas as barreiras da solidão,

Mas inutilmente conheces a paixão!

Sentes a momentânea euforia…

O fogo da destruição!

 

Falaste-me de amor…

Mas eu não acreditei!!

ML

Autoria e outros dados (tags, etc)

Para todas as mães.

Domingo, 07.05.06

Eu também sou mãe!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Queria...

Domingo, 07.05.06

Queria que sentisses a poesia da minha alma: assim são as palavras;

Que nos cantam, sobem e descem e se revoltam contra o tempo.

Queria que te deixasses embalar com a minha serenidade

E a minha calma aparente de quem espera pelo vento.

Queria que inclinasses o olhar, visses e sentisses:

Nos meus olhos a magia, pura verdade!

Que eu nunca mais irei chorar!

Mas,

Não...

Não queria...

Que tu fugisses de mim!

Que tu me esquecesses assim,

Que me iludisses de fantasias banais

Que visses que sou somente uma entre iguais,

Que me desejasses e quisesses só e momentaneamente

E, num ímpeto da mais sincera, dolorosa e fria irracionalidade,

Não queria que de mim partisses, sem antes acenar à vida e ao luar da verdade!

 ML

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

Terça-feira, 02.05.06

Se o meu silêncio te massacra, a minha voz calar-te-á!

 

As minhas palavras magoam,

Sim, eu sei…

Mas as pedras que se atravessam no meu caminho,

E ferem dolorosamente os meus pés descalços,

Foste tu que as deixaste…

 

 

Sabes…

Ontem caminhava tranquilamente

Desbravava trilhos difíceis de percorrer,

Limpava canteiros,

Destruía as ervas daninhas,

Mas nunca deixei a beleza das flores…morrer.

 

Hoje corro incansavelmente para cumprir

As minhas promessas feitas ao acaso

Numa madrugada inebriante.

 

Amanhã…?

Estarei desamparada,

Ficarei solitariamente,

A contemplar a fugaz e dormente,

Felicidade prometida,

Mas esquecida,

Trocada…

Pela tua semente adorada!

 

 

Assim,

Voltarei a plantar o meu jardim…

Mas desta vez, a flor mais bela

Ficará dentro de mim!

 

ML

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Palavras no Vento

Terça-feira, 02.05.06

O vento que sinto soprar nos meus cabelos

 Traz-me à lembrança momentos:

 

Um dia sonhei que encontraria o amor

E neste mesmo lugar, sonhei o amor eterno…

Hoje, entendo que para ser amor,

Eu teria de viver eternamente,

E para ser eterno nunca seria amor!

 

Um dia pensei que estarias comigo

Aqui neste mesmo local de sonho,

E que o sonho se misturava com as palavras

De amor…

 

No meu sonho os pensamentos correm para procurar

Novas nobres lembranças…

Sinto o vento que me traz o teu odor,

E que me embriaga,

Ouço o som da tua voz

Que me faz sorrir…

A tua imagem,

Isola-me de segurança.

 

Mas, hoje, a imagem de sonho desvaneceu-se

Na paisagem…

O vento levou todas as tuas palavras

E já não quero reconstruir a tua imagem!

 

Senti o amor só no desejo de o encontrar.

 

Se te falo, não me ouves…

Se preciso de ti, tu não chegaste…

Se te procuro, tu ignoras…

 

Não são cadáveres de sonhos que procriaram,

Nem desejos frustrados de desilusão…

Foram simplesmente palavras que se calaram,

Porque o vento lhes levou toda a paixão!

ML

Autoria e outros dados (tags, etc)





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2006

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031